Testemunhos

A doença da minha avó

Quem beneficia dos nossos serviços vivência o trabalho desta Associação de um modo mais intenso. Abaixo transcrevemos alguns testemunhos, que manifestam um sentido agradecimento à abordagem inovadora e humana da Compassionate Care ELA.

“Muitos parabéns pela excelente iniciativa e um obrigada especial à Dra Joana Gonçalves Pereira. O trabalho que começaram a desenvolver é fundamental para ajudar doentes e familiares com ELA. O vosso conhecimento, apoio, solidariedade e amizade são essenciais. Obrigada.”
– Benedita Aguiar Branco, advogada

“Uma simples palavra, um simples olhar ou mesmo um pequeno gesto são coisas simples mas de uma enorme importância para as famílias que estão a passar pelo pesadelo da ELA. Foi diagnosticado recentemente ao meu pai esta doença cruel e está a avançar a uma velocidade tal que não nos deixa tempo para pensar e compreende o que está a acontecer. Estamos a iniciar uma caminhada mas começo a sentir que não estamos “perdidos” temos alguém do nosso lado para nos ajudar, para nos indicar um caminho e torná-lo um pouco menos tortuoso!
Obrigada Compassionate Care ELA, obrigada Dra. Joana Gonçalves Pereira!”
– Carla Silva, uma família em Rio Tinto

“Transformar gestos de tratamento em gestos de cuidados é o que distingue o cuidador. Este projeto abre-se a um novo olhar sobre o significado do Cuidar de quem sofre, da família, da comunidade… Pedra a pedra vão construir uma casa onde todos vamos aprender o verdadeiro significado do reencontro com a nossa humanidade. Sei que este caminho que agora se inicia vai ser longo, persistente e capaz de conduzir a bom porto quem o seguir. Parabéns Joana e Ron!”
– Susana Teixeira, doutorada em Bioética

“Não é possível falar deste projeto sem falar da Joana. Conhecemo-nos há pouco tempo, dadas as circunstâncias (a minha mãe tem ELA) e desde então que me tem acompanhado neste processo, complicado. Para ser franca, foi uma (boa) surpresa.
Sou bastante informada acerca da doença, tenho vindo a contactar com pessoas da área e considero este trabalho personalizado, bastante diferente daquele com que me tenho deparado.

É muito bom e importante saber que temos alguém ao nosso lado, que se preocupa, apoia e está sempre presente e disponível para nos ajudar e fazer com que tudo fique “mais leve”.

Como já tive oportunidade de dizer pessoalmente: Joana, caíste-me do céu!! 🙂 Muito grata”
– Susana Dias, uma família em Matosinhos

×

×
Top